Thursday, May 31, 2012

O teste

   

Foi mesmo pena o Rasta estar completamente ensopado...até dava para rir. Deixei o carro no fim do trilho e fui pedalando pela estrada, para que pudesse ter a noção da capacidade do Hammerschimdt para o efeito e, realmente, o pedaleiro não me deixou mal, permitindo subir com uma bike de freeride como se fosse uma de enduro extremo. A descida não foi a melhor de todas, pela razão que apresentei no inicio deste texto.

2 comments:

Gravity Enduro said...

Então, a bike porta-se bem?

Água Retorta said...

A bike portou-se bem...o trilho é que estava completamente ensopado o que não permitiu andar muito depressa. Vim agora do Pedra Torta e o teste já foi mais a sério. A bike estava muito "saltitona" no principio, mas foi uma questão de ajustar o rebound, a compressão e baixar um pouco a pressão dos pneus! Agora sim! Agora tá maquinão!